03/12/2010

Um cachorro é pouco (...)

Um cachorro é pouco,
isso aqui tá é gato!
O vento está forte e frio,
mas o mar não está congelado.

Vinho tinto é pouco,
isso aqui tá é pinga!
Soam passos no corredor
e, certeza, são de gente amiga.

Meio café é pouco,
isso aqui tá é duplo!
O sol da manhã vai chegando
cada dia mais cedo, pulo a pulo.

Cebola é  pouco,
isso aqui tá é alho!
Mas, parece que, devagar,
os gostos estão menos amargos.

Chuveiro é pouco,
isso aqui tá é lago!
Sem chiar, o coração bate
num ritmo mais forrozeado.

Complicado é pouco,
isso aqui tá é tenso!
No entanto, essa coisa gira
um pouco mais a cada momento.

2 comentários:

cae disse...

belo poema!

Pati disse...

Nossa Enric...tô adorando cada um!